comentar
gargolado por westnelson, em 25.08.09 às 01:08 link do gargol | favorito

Bem sabemos que o vira-casaquismo não é bem aceite porque representa uma falha moral e ética, não tanto uma alteração política-ideológica, uma vez que falamos de política local. Vem isto a propósito das políticas desenvolvidas pelos partidos a nível municipal [onde a ideologia não tem um cabimento lógico tão acentuado] que nada têm a ver com as ideologias seguidas pelas forças políticas a nível nacional, mesmo assim, nem sempre seguidas no rigor dos seus estatutos ideológicos. Então, como pedir a um agente da política local para seguir uma determinada ideologia se são os líderes nacionais os primeiros a “falhar” a este nível... e bem. As ideologias rígidas e cegas prendem-se com o passado arcaico dos movimentos que lhes deram origem.

Nos tempos que vão correndo, não faz sentido, seguir-se uma ideologia cegamente. O mundo [ainda] está a democratizar-se e a globalizar-se, quer se queira ou não, e cada vez mais, cada caso é um caso, cada problema terá uma solução que, independentemente da ideologia da força política da qual os representantes eleitos, terão de achar. Impera a sensatez e o melhor em função dos problemas de cada caso, cada nação, de cada comunidade local. Nos extremos políticos encontramos [algumas] forças que dificilmente acompanharão esta evolução natural das políticas modernas – o abandono da cegueira ideológica, ou seja, as linhas limitativas dos pensamentos, alargaram deixando de ser estreitas e paralelas, agora bastante mais afastadas ou obtendo uma forma cónico-expansiva. Por isso, fala-se tanto, e cada vez mais, naqueles que sendo mais moderados ao centro, pouco se destinguem, mudando o comportamento, apenas, em função da posição ocupada na altura, se governo, se oposição, o que por outro lado os torna muitas vezes incoerentes nas decisões tomadas a partir desse ponto de vista. [link]

Apesar de haver poucos exemplos de carreiras políticas transversais à nossa montra eleitoral, curiosamente, o vira-casaquismo não evolui (ou raramente evolui) entre as duas forças centrais, sendo mais notória a evolução entre uma destas e um extremo ou vice-versa. Na política municipal passa-se a mesma coisa e nada tem a ver com políticas, antes, com questões ambíguas, exteriores a causas ou problemas, pelo que o eleitorado nunca gostou dos desvios morais e éticos daqueles que viram a casaca em função do tacho, apesar da quase inexistência ideológica na política municipal. Por outro lado, quem concorre as umas eleições, numa primeira fase como independente, pode, a seu belo prazer, andar de um lado para o outro sem que lhe seja conotada a falta de moral ou ética por falta de enquadramento político. Mas atenção, o bilhete só dá para uma viagem, mesmo que se continue a apregoar a independência, numa segunda fase, já conotado com um partido, característica curiosa da camuflagem política municipal.

 


comentar
gargolado por westnelson, em 21.08.09 às 23:00 link do gargol | favorito

«Temos que criar as condições para que os impostos baixem.

  Aquilo que prometo é que não há margem para aumentar impostos.

  Aumentar impostos não é possível.

  A baixar, baixaria aqueles que têm a ver com o custo do trabalho.»

 

 


comentar
gargolado por westnelson, em 20.08.09 às 00:01 link do gargol | favorito

Hoje [ontem] foi dia de cheques na marginal norte da Nazaré. Depois de cheia que nem um ovo, aquele estacionamento ainda leva umas largas dezenas de viaturas. Aquilo é que foi facturar. Todos os veículos ali estacionados estavam multados... e bem multados, diga-se. O problema é que só o fazem de vez em quando numa acção clara de caça à multa. Primeiro facilitam, facilitam, e, quando os automobilistas ganham confiança e até estam à-vontade... truzcatrapuztustus. Toma lá um cheque e não digas que vais daqui.

Devia haver ali um ou dois agentes em apoio e fiscalização permanente durante o Verão. Isso sim, isso era trabalhar em prol [do trânsito e do estacionamento] da Nazaré. Curiosamente, nas voltas que dei pela vila, e foram muitas, tanto de manhã como na parte da tarde, não vi um único agente. Deve ter sido mesmo uma acção relâmpago para ver se ninguém fugia sem o respectivo cheque. Assim vamos longe na engorda do orçamento.

 


comentar
gargolado por barraca37, em 19.08.09 às 12:12 link do gargol | favorito

Por não estar muito tempo na Nazaré, costumo navegar na web sempre à procura de notícias da terra, seja porque gosto de me manter actualizado ou porque, simplesmente, gosto de ler.

Hoje, entrei no site da Junta de Freguesia da Nazaré e deparei-me com uma notícia sobre o evento musical "nazamexe 2009". O evento até já passou, mas o que me espantou foi o facto de o responsável de comunicação pelo site da Junta nazarena nem sequer se ter dado ao trabalho e cuidado de editar a notícia, uma vez que é um Copy-Paste integrar do meu post, no meu blog pessoal. Ao ler o texto esperei sempre que alguma letra, pelo menos, tivesse sido modificada, para que o apelidado plágio, não fosse integral, mas, para maior surpresa ainda, até os links associados ao texto mantinham o seu destino…

Deixo-vos um desafio: descubram as diferenças.

Deixo-vos a dúvida: estará a Junta de Freguesia com falta de "empregados" que é obrigada a ir "roubar" notícias integrais a outros sites ou blogs? É que editar uma notícia nem é assim tão complicado!

 

 

mais em barraca37

 

 


comentar
gargolado por barraca37, em 17.08.09 às 14:58 link do gargol | favorito

Este fim-de-semana passei por aqui, onde encontrei uma família inteira de emigrantes "tugas" à volta de um carro que estava bloqueado porque tinha as rodas em cima de uma passagem de peões, vulgar passadeira.

E o diálogo foi este:

Pai: que raio, tenho o carro bloqueado!
Filha: é o que acontece quando vens a Portugal. Senão tivéssemos cá vindo nada disto teria acontecido.

Friso mais uma vez que o carro estava em cima de uma passagem de peões.

Questiono-me se existem passagens de peões na Suíça, país de onde era oriunda esta família de emigrantes?!

FOTO: West

mais em barraca37

 

 


comentar
gargolado por westnelson, em 17.08.09 às 14:54 link do gargol | favorito

Os três crónicos candidatos ao título de Campeão Nacional detêm 63,2% (92,5 milhões de euros do bolo previsto de 146,36 milhões de euros) do orçamento global da primeira liga, enquanto os restantes treze clubes ficam com apenas 36,8% (53,8 milhões de euros). Os dois clubes que melhor se apetrecharam no “negócio humano” de compra de jogadores, Porto e Benfica, gastaram em tempo de crise quase 50 milhões de euros. Isto é que é obra!

Depois ainda vem o presidente da liga profissional de clubes, Hermínio Loureiro, dizer que [...] “o futebol português entrou [definitivamente] num novo ciclo “[...] e que, [...]”estão reunidas as condições para termos uma das ligas mais competitivas da Europa “[...].

Eu até simpatizo com o homem, agora, também candidato à Câmara de Oliveira de Azeméis, mas, a pensar desta maneira sobre a liga depois de se observarem as diferenças orçamentais dos clubes envolvidos só poderei proferir o seguinte – “Só se ´tá bebade, ah ó!?”

Os denominadores comuns da primeira jornada foram apenas uma coincidência.

 


comentar
gargolado por f0fa, em 17.08.09 às 02:50 link do gargol | favorito

Bartoon in "Público" por Luís Afonso


comentar
gargolado por westnelson, em 16.08.09 às 14:27 link do gargol | favorito

 


comentar
gargolado por westnelson, em 16.08.09 às 02:51 link do gargol | favorito

Análise dos primeiros cem votos online

 

Tendo em conta a pequena amostragem dos primeiros 100 votos online a partir deste blog, com todas as condicionantes que uma amostragem destas possa ter, e são muitas, não quero deixar de apontar aquilo que todos já sabíamos antecipadamente:

 

O CDS neste momento na Nazaré é uma força política praticamente inexistente; vai haver uma luta de segundo plano, apesar de tudo, importante, pelo campeonato dos segundos entre a CDU e o BE; Para tomar as rédeas dos destinos da autarquia vai ser uma luta renhida e interessantíssima entre o PSD, há 16 anos no poder local Nazareno, e o PS lider da oposição.

 

É a sondagem possível, isto, apesar daqueles que logo vieram a terreiro em blogs da Nazaré puramente políticos e em comentários anónimos, dizer mal e criticar pelo facto de decorrer este tipo de sondagem. Se calhar não está a correr como o pretendido. Todos sabemos que este tipo de sondagem não é o mais credivel, mas sempre nos poderá dar uma indicação, por mínima que seja, sobre aquilo que nos espera. Ao contrário daqueles a que me refiro neste post, isto é um pequeno esforço da parte de um blogger que, pelo menos, tenta contribuir com algo, nem que seja com este tipo de iniciativas que em nada prejudica quem quer que seja, pelo contrário.

 


comentar
gargolado por westnelson, em 15.08.09 às 10:27 link do gargol | favorito

A actual Mesa Administrativa da Confraria da N.ª sr.ª da Nazaré, está a fazer coisas nunca antes vistas – Para as festas deste ano a capela de N.ª Sr.ª já tem iluminação no telhado – fantástico!

 


comentar
gargolado por OnLine, em 14.08.09 às 22:55 link do gargol | favorito

Nos últimos 4 dias nem um polícia se viu durante toda a manhã ou tarde na Av.Vieira Guimarães a regular a circulação do trânsito, falta de efectivos? sei lá?quem será o pai da criança.Hoje concerto do Modelo/ Barroso a dar música ao povo com Tony Carreira, já ia nos doze polícias contados por mim a sairem da esquadra da PSP da Nazaré, sim, nos 12 polícias que se preparavam para regular o trânsito da música que se dá ao povo, e melhor música e especialistas em dar música ao povo, é o Modelo/Barroso e o Tony Carreira, ganda Nazaré! ganda Portugal!.Milhares de turistas a entrarem na Nazaré e nem um polícia a regular a circulação de trânsito, é borga?, é música?, toma lá polícias!. Vergonha para a PSP e para Câmara Municipal da Nazaré e respectivos vereadores da oposição que estão caladinhos a preparar a música futura.


comentar
gargolado por barraca37, em 14.08.09 às 12:35 link do gargol | favorito

São sete, leram bem, sete o número de passadeiras para peões "desenhadas" na Avenida Vieira Guimarães (a da Rodoviária - que é como é mais conhecida!).
Com um comprimento a rondar os 400 e os 500 metros é difícil entender o que vai na cabeça do responsável por tamanha façanha!?

Ainda assim reclamo, a falta de mais uma, num local que julgo bem mais pertinente: que ligue a Travessa das Cabanas com a Travessa da Atalaia. Certamente será mais proveitosa do que as passadeiras que ligam cafés à praia, ou cafés a outros cafés ou, "quiçá", câmaras municipais a outros cafés!

 

P.S. - aproveito para agradecer o convite que me foi endereçado e espero contribuir da melhor forma possível.

 

mais em barraca37


comentar
gargolado por westnelson, em 13.08.09 às 00:34 link do gargol | favorito

Este ano foi prolifero em sítios na net disfarçados de blogues, em que os seus autores não fazem mais que escaraquejar e dizer mal de alguém ou então a “política do bota abaixo”, muitas vezes passando por cima de tudo e de todos, outras vezes, passando por cima, apenas, daqueles que foram previamente seleccionados como alvos a abater gratuitamente.
Se há casos em que os objectivos são dúbios ou mesmo de ordem pessoal, outros há, que, tendo alguns candidatos políticos como objectivo, de tão descontínuos que são, desaparecerão depois das eleições para nunca mais se ouvir falar desses sítios mal nascidos de pessoas mal resolvidas que apenas têm um objectivo, não diria cego, mas que pelo menos, tendo algo em vista auto flagelam-se usando óculos de Alcanena.
Não é assim que se faz o combate político, mesmo que por fora, mesmo que só para dizer mal de quem quer que seja, candidato ou não, ainda por cima anonimamente. Afinal, quem não tem o rabo preso ou não quer ser cobarde assina aquilo que escreve, na pior das hipóteses, arranja um nickname engraçado diferente de “anónimo”!

 


comentar
gargolado por westnelson, em 12.08.09 às 19:49 link do gargol | favorito

Valado dos Frades, Nazaré, 12 de Agosto de 2009

 

Arrancou oficialmente a campanha eleitoral na vila do Valado dos Frades.

À imagem do que aconteceu recentemente na Nazaré e no próprio Valado - Artéria principal do interior da vila - as estradas secundárias daquela vila do nosso concelho, pelo menos aquelas que mais estão necessitadas, só agora estão a ser repavimentadas como se pode perceber nesta imagem.

 


comentar
gargolado por westnelson, em 12.08.09 às 16:45 link do gargol | favorito

Sobre as intenções equitativas da ERC e só para compensar uma crónica de um candidato que antes de o ser já era cronista, os jornais, nesse enquadramento, teriam de ceder muitas páginas, mas mesmo muitas, a outros cronistas, essas sim de propaganda eleitoral, a nomes que de outra forma jamais seriam contratados pelas publicações. Inversamente, a ERC, também recomenda, em nome da liberdade de expressão, do pluralismo e da inteligência, que, os cronistas habituais de uma publicação que venham a ser candidatos a qualquer cargo nos próximos actos eleitorais, deixem de escrever as suas crónicas de opinião caso o jornal em que escrevam não contrate cronistas das outras forças políticas.

Ninguém vai obedecer a tal hipocrisia, ou será que vai aparecer por aí alguma publicação com tanto medo, a ponto de cumprir com tal directiva idiota? Tendo em conta os próprios princípios apresentados pela ERC - Liberdade de expressão, pluralismo e inteligência, diga-se que, além de caricato é muito pouco inteligente.

Um jornal não é um blog e um blog, no caso do Gargol, não tem a pretensão de ser um jornal e nem a ERC é para aqui chamada. São realidades diferentes e tentar fazer aqui uma aproximação será sempre, do meu ponto de vista, um erro, tendo em conta aquilo que é um verdadeiro blog.
Não tendo nada a ver uma coisa com a outra, mesmo assim, logo em Janeiro do corrente ano e meses seguintes, tentei ter alguém que enquadrasse as várias forças políticas a escrever no Gargol. Tal não foi possível e, até agora, que eu saiba, só um candidato, neste caso à assembleia municipal da Nazaré, aceitou aqui escrever muito recentemente. Claro que isto não foi de propósito. Alguns convites foram enviados, tendo os mesmos sido ignorados, classificados como spam, ou simplesmente nem chegaram ao destino. Na verdade, até acertei em alguns nomes que vieram a revelar-se candidatos, outros nem por isso, além de não saber todos os endereços de e-mail dos "candidatos a candidatos", também não conhecia todos os que, mais tarde, se perfilaram para candidatos às autárquicas 2009. Assim, “mais vale ter um pássaro na mão, do que dois a voar!”

 


comentar
gargolado por westnelson, em 10.08.09 às 22:47 link do gargol | favorito

Sabiam que a Junta de Freguesia da Nazaré tinha sido assaltada na madrugada do dia 19 de Julho? Foi a na noite do happening cultural - Nazamexe'09.

Nessa noite o pessoal da rede unimos, verificou que, pelas 4h30 deixaram de ter tráfego no acesso da junta de freguesia. É verdade, tinha acontecido um assalto (felizmente sem danos de maior). Os meliantes em fuga, levaram o router ADSL da unimos instalado na junta de freguesia da Nazaré. [Ver a notícia no blog da UNIMOS]

 


comentar
gargolado por westnelson, em 10.08.09 às 13:03 link do gargol | favorito

 

«A BLOGOSFERA local, já o referi, cumpre um papel fundamental na promoção do turismo, na vigilância do poder, na cidadania ativa, na contribuição noticiosa atualizada. Por isso, faço e farei, sempre que conseguir, a opção pelos blogues locais ou regionais, dando crédito ao trabalho neles desenvolvido, valorizando a blogosfera localizada. Assim, o destaque desta semana vai para o blogue, Gargol, um blogue dedicado a uma das terras mais portuguesas de Portugal, a Nazaré.»

 

In Kontrastes por João Ferreira Dias

 

E assim, para nossa surpresa, ou não, lá fomos mais uma vez referidos num blog de referência, à imagem do que tem acontecido. Desta vez  foi dado ao Gargol o destaque como Blog da semana no Kontrastes.

 


comentar
gargolado por Macondo, em 08.08.09 às 01:39 link do gargol | favorito

Agradeço o convite que me foi feito e espero contribuir com algumas gargoladelas num dos blogues (se não o blogue) que mais tem crescido na blogosfera nazarena.

 

Já agora, o que pensam da demolição do edifício que alberga o Museu Etnográfico e Arqueológico Dr. Joaquim Manso, para que um projecto idealizado por Siza Vieira seja erguido em seu lugar? Fala-se em "requalificação", mas será que este conceito não contempla a harmonia do antigo e do contemporâneo numa perspectiva de integração?


comentar
gargolado por westnelson, em 07.08.09 às 20:24 link do gargol | favorito

Durante as “Conversas de Café com Vítor Esgaio”, como vem escrito no blog da candidatura socialista às autárquicas, alguns autóctones de Valado dos Frades e dos Rapososexigem” a construção de Unidades Hoteleiras nas respectivas localidades...!

 


comentar
gargolado por besax, em 06.08.09 às 16:06 link do gargol | favorito

Questão: temos um problema grave de falta de estacionamento? Ou teremos necessidades sazonais, pontuais de estacionamento?

Relembro os principais pontos de estacionamento.
Na Praia temos o parque defronte a Conservatória, gratuito; parque no antigo campo da bola, pago; parque “dos bombeiros”, junto à rotunda da EN242, pago; e o parque no Porto de Abrigo, gratuito. Para além de toda a Marginal Sul que penso que seja a pagar…
No Sítio temos o Largo Vasco da Gama, o Largo da Praça de Toiros e o Largo da Fonte Velha. Temos ainda um parque junto aos pavilhões municipais. Todos gratuitos.
Também se pode estacionar na Nova Nazaré, Pederneira e Rio Novo.
Mas quando falamos de problemas de estacionamento, não estamos a ser honestos na nossa abordagem. O que queremos mesmo dizer é que no verão não conseguimos estacionar o carrinho à porta de casa! Ou à porta do trabalho. Ou à porta do restaurante ou do bar. Ou à porta do chambre para “alugar”. E qual é a solução engenhosamente encontrada por nós, os Nazarenos? Cadeiras, tábuas, televisores velhas, grades vazias de cerveja, o que estiver à mão para guardar o lugarzinho que temos os outros 11 meses à nossa disposição e que por causa dos “palecos”, esses chatos, não temos... Oh como eu gostaria de ter um jipe velho só para me divertir a estacionar no meio das cadeiras, abalroando tudo perante os ralhos das chambristas…
Pior, do ponto de vista do potencial de perigo que representa, são os estacionamentos nas ruas da Nazaré obstruindo o acesso a veículos de emergência. Nem quero imaginar um fogo na parte norte da Nazaré em pleno Verão. Atrevo-me a dizer que Nero ficaria embaraçado se pudesse ver. Perigoso é também o estacionamento que West documentou aqui no Gargol. Qualquer dia passo a ferro um peão, sem querer!, porque este foi privado de poder andar no passeio...
Considero que a Nazaré só em Agosto é que tem problemas de estacionamento. Repararam nos parques acima referenciados no mês passado? Eu reparei. Com exepção para domingo, vazios. Também têm a resposta para esta pergunta: como estão os parques nos restantes meses do ano? Sim, vazios. Porém, ou estão vazios porque há lugares "legais" para estacionamento espalhados pelas ruas da nossa vila ou estão vazios porque a PSP faz vista grossa e não procede à "libertação" das ruas e dos passeios de molde a que a malta fosse obrigada a estacionar nos parques. 
Então? Mais um ou dois parques? Como diz o outro, mal não faz. Mas resta saber se o investimentos que se pretendem fazer para a construção desses parques, seja ele subterrâneo na Marginal, seja ele subterrâneo na subida dos Correios, têm retorno...
Porque não mais parques na periferia com transporte regular para os veraneantes e banhistas? É mais barato e liberta a Nazaré de ruído, confusão e chatices.
Por falar em passar a ferro, não vos irrita que os peões confundam passadeiras com passerelles?
Saudações Gargolianas

comentar
gargolado por westnelson, em 05.08.09 às 01:07 link do gargol | favorito

As obras de construção do teleférico, um investimento de 1,8 milhões de euros para ligar a vila da Nazaré à Pederneira, vão começar em Setembro, anunciou hoje a Câmara Municipal.

Segundo uma nota de imprensa da autarquia, este investimento "trata-se de uma instalação bicabo, do tipo vaivém, com duas cabines (uma em cada sentido) que poderão transportar, no máximo, 200 pessoas por hora".

O teleférico, cujo prazo de construção é de 270 dias, vai ficar instalado entre a Avenida do Município, nas imediações do nó com a estrada nacional 242, e o lado norte do miradouro do Largo da Igreja da Misericórdia, na Pederneira. [Notícia completa]

 


comentar
gargolado por f0fa, em 05.08.09 às 00:41 link do gargol | favorito

Bartoon in "Público" por Luís Afonso


comentar
gargolado por westnelson, em 03.08.09 às 00:53 link do gargol | favorito

Alguns já andam a pensar em encomendar um Cão-de-água Português para a Nazaré. Mas será que vai mesmo ser preciso arranjar um exemplar daquele residente da Casa Branca? Na devida altura, a ver vamos da necessidade de tal encomenda...!

Enquanto isso, sempre vamos podendo votar na barra lateral deste blog para ter uma percepção mais nítida, ou não, das coisas.

 


comentar
gargolado por westnelson, em 02.08.09 às 22:32 link do gargol | favorito

Afinal o que Louçã dizia até tinha fundamento. Joana Amaral Dias tinha sido convidada para as listas do PS Coimbra, o problema é que o convite endereçado pelo secretário de estado, Sr. Paulo campos que, no seu ponto de vista não passou de "um indagar da possibilidade de..." foi muito mais que isso. E, isso viu-se pelo modo atrapalhado e desajeitado como veio a público por mais de uma vez tentar justificar. O homem nem sabia o que era o IDT (Instituto da Droga e da Toxicodependência)! Bolas, e é isto um secretário de estado(?), talvez se venha a lembrar mais tarde do convite que fez a troco de..., isto para não falar dos encontros imediatos veiculados, que não chegaram a existir. O homem tem mesmo imaginação. Se calhar é por isso que está no governo. A gente quer é gente imaginativa a trabalhar em prol do povo... idiota!

Agora só tem de fazer como a avestruz e esperar que durante a tempestade ninguém se aproveite da sua posição desprevenida. Quem não quer ser lobo não lhe veste a pele!

 

Também não era preciso Francisco Louçã fazer aquele alarido todo. Fez uma autêntica tempestade num copo de água. Levou o primeiro ministro, José Sócrates a fazer um desmentido [que julgara correcto], quando sem saber não tinha razão. Foi ele o apanhado e, o melhor que tinha a fazer era uma remodelação de ultima hora ao nível de alguma secretaria de estado das obras públicas que não lhe valeria de nada a não ser lavar um pouco a honra. Joana Amaral Dias, em vez de se ausentar do país logo a seguir ao "bufo" que fez, deveria ter vindo a público dizer logo quem foi o autor do convite, evitando assim um alvoroço sem cabimento algum, ou então, teria ficado caladinha uma vez que o dito convite não passou de uma "indagação" meramente telefónica [indagar - palavra nova para dizer convite...].

 

A classe política cada vez me desilude mais...Óh se desilude...!

 





Copyright Gargol 2013 | linhas mestras | gargol@sapo.pt

eXTReMe Tracker
Linhas mestras

gargol@sapo.pt
Agosto 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11

18
22

23
24
26
27
28
29

30
31


pesquisar no Gargol
 
subscrever feeds
gargoladas antigas