comentar
gargolado por westnelson, em 13.03.13 às 04:13 link do gargol | | favorito

O suposto independente – que é tudo menos isso, antes pelo contrário, que, a par de outros já passou praticamente por todos os quadrantes, de norte a sul, de cima a baixo, e até da esquerda p'ra direita – está a pedir a quem vai ao seu “estabelecimento comercial” preencher as papeladas “vindas directamente da Tailândia” para entregar ao fisco – nomeadamente aos “Tonhe  Tábuas”, às “Mari’s Engrácias” e a outras pessoas que não pescam nada daquilo – para assinarem uma folha onde já constam alguns nomes (?) em como se comprometem (?) a pôr a cruzinha à frente da sua “fetegrafia” em Outubro. Em troca não leva absolutamente nada, nem sequer “um par de botas”, por preencher os formulários. Sabem como se chama a isto? Chama-se descaramento, ou, comprar votos com registo e aviso de recepção. Aí cagão! (já o Raul dizia em “tempes”). Na realidade isto vale o que vale, ou seja, nada. Apenas compromete as pessoas que, por algum motivo, se sintam mais vulneráveis (e que não tenham tal intenção) perante os outros em caso de divulgação pública dessa lista. Mas, em todo o caso, se o “independentezinhe” resolver jogar baixo e divulgar a lista publicamente, as pessoas que lá estão e que, mesmo assim, não se revêem com a sua maneira de fazer politiquice, podem sempre alegar que, fizeram a vontade ao homem só para ele se sentir importante e, acima de tudo, para obterem os formulários prontinhos a entregar nas finanças a custo zero – Haja paciência para estas politiquices da treta!

 

“Independentezinhe” – Termo nazareno para designar pessoas que conseguem, ou melhor, conseguiam... ou conseguiram (em tempos), “escrever” com as duas mãos ao mesmo tempo e, ainda por cima, coisas diferentes sem que os outros se apercebessem logo à primeira. Tudo isso levados pelos caciques instalados, os do costume, claro, a troco daquilo que não sabemos descrever por ser demasiado complexo para mentes normais.

 

“Mentes normais” – pessoas que pensam por elas próprias e que, acima de tudo, além de não serem facilmente influenciáveis, não são corruptas.

 

Tudo o que atrás está escrito partiu de uma mente normal tendo ainda a salientar que, toda e qualquer semelhança com a realidade é pura coincidência, tratando-se apenas de um texto escrito para divertimento de quem o lê.

Já agora, conhecem aquele gesto à hang-loose? Façam-no agora à frente do nariz!


comentar
gargolado por westnelson, em 15.02.13 às 01:46 link do gargol | | favorito

Este é um discurso que o Presidente de Câmara Municipal da Nazaré fez em Abril de 2009, a menos de meio ano para a realização de eleições autárquicas.

Penso que este discurso deverá ficar nos arquivos da história do concelho da Nazaré não só pelo seu conteúdo mas, também, pelo que ele simboliza. O ser humano tem muitas virtudes e defeitos. Por muito que os oculte a História, um dia, encarregar-se-á de classificar os actos e as consequências dos mesmos.

Divulgo este excerto para que não se cometam os mesmos erros do passado.

Por mim já chega de tanta promessa e mentira. Do mesmo lado da barricada virá quem queira transmitir uma ideia de seriedade e de distanciamento com o passado cabe a cada pessoa perceber se estão a ser bem guiadas ou se o concelho em que habitam se está a distanciar de padrões de desenvolvimento que ambicionamos, há muito. Na condição de munícipe e autarca local não me resta aguardar, serenamente, que a restante população tire as suas conclusões e que caminhe rumo a novos projectos porque os actuais transpiram, para além de desgaste natural, uma total inaptidão para resolver a actual situação autárquica que é, absolutamente, aflitiva. Para bem de todos espero que todos busquem um concelho melhor.

Para ouvir e refletir...



in Mar à Pedra


comentar
gargolado por westnelson, em 05.12.12 às 00:51 link do gargol | | favorito

Agora que entramos no último ano do arrais Eng. Jorge Barroso, pelo menos como tal, a luta para tomar de assalto os comandos da barca da autarquia para tentar salvar o que ainda dela resta, onde a madeira se encontra apodrecida e quase sem resistência à ondulação, assume verdadeiro sentido de oportunidade, querer e até de alguma loucura, tais são as dificuldades que se irão encontrar para levar a bom porto esta embarcação meio a flutuar, meio afundada.

Se de um lado as opções tomadas foram feitas dentro daquilo que era expectável seguindo as orientações estatutárias da casa mãe, sem atritos nem atribulações – uma limpeza –, já do outro lado está mais que visto que para alguns dos caciques da barca velha da autarquia, que lá vai navegando de esguelha e a meter água, convém que as coisas não se modifiquem muito nem saiam da rota daquilo que se vem observando, não digo há quase vinte anos porque, entretanto, as coisas, também, se foram modificando, mas de há uma dúzia de anos de anos a esta parte. Isso vê-se pelas escolhas já feitas e pelas que se irão fazer – está-se mesmo a ver quais são. Tirando os que, de livre vontade, já saltaram borda fora – e que agora vão ter de nadar para terra –, alguns dos outros que agora se vão perfilando para agarrar um remo da barca, também vão ter de saltar e irão ficar a boiar à espera que outra embarcação por ali passe, num “mar de ninguém”. Mesmo assim, não vai haver remos para todos os que lá ficarem, o que poderá trazer algumas divergências internas que, aliás, começaram logo no início do processo de escolha para o candidato a arrais daquela barca.

Os próximos tempos, segundo o WindGuru, prevêem-se de marés bastante mexidas - pelo menos pode ser bom para o Red Bull Mito - com a ondulação a danificar cada vez mais a velha barca de madeira apodrecida. Vai, com toda a certeza, meter mais água, mas "ninguém" está predisposto a agarrar o bartidor (vertedor), antes querem agarrar o leme ou um remo, e esquecem-se que, se não tirarem a água que teima em entrar pelas aberturas que deixam expostas as amuradas da embarcação, vão afundar antes de chegar a terra. Amen!

 

[post original]


comentar
gargolado por westnelson, em 01.12.12 às 13:05 link do gargol | | favorito

É no terreno que se vai conseguir ganhar esta batalha, mas, quem o quiser fazer vai ter de se guiar pelos mapas onde estão devidamente assinaladas as minas que os actuais caciques estão a deixar por toda a parte. Vamos ter de fazer uma desminagem do terreno e, logo de seguida, começar a construir a partir do nada, porque nada há. Apenas houve as promessas feitas no passado, que, em nada contribuíram para o desenvolvimento da terra, obras vãs que nunca passaram - das reuniões de estratégia politico-eleitoral - para o terreno. O tempo da mudança começou. O tempo de mudança é agora.


Mudam os tempos, mudam-se as vontades... Não deixes que ele te passe por entre os dedos sem que o consigas agarrar.

 


comentar
gargolado por westnelson, em 19.10.09 às 00:01 link do gargol | | favorito

Uma semana depois das eleições autárquicas e depois de ter assistido e ouvido praticamente todos os debates entre os candidatos à Câmara Municipal da Nazaré fique convencido que:

 

Um Candidato Não Deve fazer contas de somar – dá quase sempre errado... Dois, ainda pior!
UCND faltar aos debates!
UCND andar às costas de um seu camarada, mesmo que por debilidade física!
UCND atacar tudo e todos, mesmo que obrigado por alguns a meter mais uma engrenagem na caixa para se defender!
UCND centrar-se só em atacar desalmadamente aquele que julga ser o seu único opositor.
UCND dizer antecipadamente que “está no papo!”
UCND dizer que “para esse problema não temos solução!”
UCND dizer apenas que “temos ideias!”
UCND limitar-se ao obvio!
UCND dizer impropérios tipo vender água do mar [já agora também areia da praia] em saquinhos como souvenirs.
UC Para Vencer Deve saber encaixar, vitimizar-se, rir, olhar e falar sobre o que foi feito , não abrir a boca sobre ou fugir ao que não foi feito e argumentar muito...! Por último, deve fazer contas de subtrair onde os outros fazem de somar!

 


comentar
gargolado por westnelson, em 13.10.09 às 01:58 link do gargol | | favorito

Constituição das listas de eleitos para as várias assembleias do Concelho de Nazaré por ordem de entrada:

 

Constituição do Câmara Municipal:


PSD - Jorge Codinha Antunes Barroso
PS - Vítor Manuel Estrelinha Esgaio
PSD - António Duarte Salvador
PS - António Gordinho Trindade
PSD - Mafalda Vigia Tavares
PSD - Belmiro José Eusébio Pais da Fonte
PS - Maria João Fernandes Ramos

 

 

Constitução da Assembleia Municipal:

 

PSD - José Bento Jordão
PS - Adriano Jorge Fernandes Bastos Castro
PSD - Joaquim Ascensão Pequicho
PS - Nuno Alexandre da Silva Salvador
PSD - Maria de Fátima Soares Lourenço Duarte
PS - Maria Manuela Águeda Soares Pombinha Santos
PSD - António Bruno Laborinho Vidal
PSD - António Pereira Nunes
PS - Arménio Sanches Varela
PSD - Sandra Cristina Filipe Figueiredo
CDU - António Manuel Caria dos Santos
PS - Américo João Prazeres Vigia Matias
PSD - José Artur do Carmo Piló Alves
PS - Ana Cristina Vinagre Magalhães Leão
PSD - António do Carmo Martins
PS - Orlando Jorge Eustáquio Rodrigues
PSD - Ana Silva Meco
BE - Fábio Filipe Varela Salgado
PSD - Mário José Codinha Antunes Barroso
PS - Luís Filipe da Silva Amaro
PSD - João Bruno Mendes Santos Ferreira

 

 

Junta de Freguesia da Nazaré:

 

PSD - Edmundo Bandeira Eustáquio
PS - Maria da Conceição Louraço Leal Duarte
PSD - Rogério dos Santos Serrador
PS - António José Henriques Bento
PSD - Rosalina Maria Murraças Carlinhos Duarte
PS - Alberto Martins Remígio
PSD - Paulo António Tacha Mendes
PSD - Jorge Manuel Gonçalves de Sousa
PS - Fernando da Silva Vasco
PSD - Tânia Gandaio da Silva
PS - Maria da Conceição Correia de Sousa Ascenso
PSD - Ricardo Jorge Ferreira Mendes
PS - João António Pereira Murraças

 

 

Junta de Freguesia de Valado dos Frades:

 

PSD - José Manuel Marques Santos
PS - Amável Henrique Ferreira Lopes
CDU - Cidália Nascimento Pires Sousa
PSD - Pedro Miguel de Sousa Coelho
PS - Carlos Alberto Fragueiro Tavares
PSD - Carla Maria Marques Serafim
CDU - Maria Francelina Amado Carvalho
PS - Regina Margarida Amada Piedade Matos
PSD - José Lourenço Paiva Santos

 

 

Junta de Freguesia de Famalicão:

 

PS - Abílio Rodrigues Romão
PSD - Júlio Rodrigues Faustino
PS - José Rei Filipe Ramalho
PSD - Nilde Soares Fernandes da Costa
PS - Catarina Gomes Januário
PSD - Armando Oliveira Balbino
PS- Arménio da Conceição Silva
PSD- Eduardo Álvaro Miranda Lopes Coutinho
PS- João Alberto Nicolau Nunes

 

Fonte: Rádio Nazaré

 


comentar
gargolado por westnelson, em 10.10.09 às 01:20 link do gargol | | favorito


Recomendamos o Firefox, mas se usa o Internet Explorer e tiver

dificuldades, visualize aqui.

 


comentar
gargolado por westnelson, em 09.10.09 às 23:38 link do gargol | | favorito

 

 

Assim, chegamos ao dia da reflexão para as autárquicas 2009, também com o fecho da sondagem [de cliques] aqui no "Gargol - o blog da Nazaré", que vale o que vale, ou seja, nada como eu disse aqui logo no início, há pouco mais de dois meses. Embora viessem dizer que - Ah e tal... isso não vale nada! [reconheço]... o que é certo é que apesar de não valer nada, desde o dia 02 de Agosto de 2009 e até às 23h35 de 09 de Outubro de 2009, teve 442 votos (cliques válidos) distribuídos da forma como acima é demonstrado.
A análise fica para quem a observar, até porque, cada um, dependendo do ponto de vista, terá certamente o seu modo de a fazer. Claro eu terei o meu. Faça você o seu.
Se calhar, no que toca ao vencedor destas autárquicas nazarenas '09, não deve andar muito longe, que é o mesmo que dizer, está ao rubro com tal aproximação entre o PS e o PSD. Para ter a certeza de quem ganha, o melhor é ir votar e esperar pelo final.

 


comentar
gargolado por westnelson, em 08.10.09 às 01:50 link do gargol | | favorito

Como sabem a blogConf Nazaré - Autárquicas '09 foi transmitida em directo via internet pela UNIMOS que prestou todo o apoio técnico ao evento a par do apoio do "NazaréFM online" - um programa do departamento de informação da Rádio Nazaré - e da "Biblioteca Municipal da Nazaré". Pode dizer-se que foi um êxito total, tendo atingido os objectivos a que se tinha proposto. Para nós, enquanto bloggers, foi de um prazer imenso ter tido o trabalho, cada um com a sua contribuição e competência - logística, técnica e operacional - para que se conseguisse levar avante tal acontecimento blogosférico que através dos blogues participantes fomos preconizando com toda a legitimidade. Afinal, os bloggers circundados das pessoas certas, sendo eles próprios os principais responsáveis por tal acontecimento - único até ao momento (porque sentamos à mesma mesa vários candidatos a uma eleição deste calibre) - fizeram aquilo que muitos não julgavam possível.

 

Quero deixar aqui os agradecimentos públicos ao Sr. Artur Ledesma (Rádio Nazaré) que nos deu um forte empurrão, ao Dr. Jorge Lopes, Sr. Beto e Sr. Tiago (Biblioteca Municipal), aos participantes na conferência e cabeças de lista pelas respectivas forças políticas à CMN e a todos os bloggers intervenientes na conferência: Hugo Fernandes e José Monteiro pelo Diário de bordo (UNIMOS) e Gargol; João Maltez pela Experiência Hermenêutica e Gargol; Rui Delgado pela Prova dos Novos; Carlos Filipe pela Dimensão Variável, Gargol e blogConf. A este último eu queria dar um agradecimento especial pela ideia que teve e pela excelente e estreita colaboração que teve comigo no pontapé de saída para este evento. Queria ainda agradecer a participação do Ricardo Caneco e do Valter Leandro do Vista do Suberco e da Barraca37, respectivamente, ambos também do Gargol e participantes (ausentes por motivos particulares), deixando as suas questões a cargo do moderador.

 

Nelson Almeida (West Side, Gargol e blogConf)

 


comentar
gargolado por westnelson, em 06.10.09 às 06:24 link do gargol | | favorito

A organização da  blogConf , no seu blog oficial, agradece a todos os intervenientes a disponibilidade para com este evento que se mostrou de extrema importância para a desmistificação da blogosfera, em especial na Nazaré, colocando cara a cara um grupo de bloggers com a nata do tecido político da nossa terra numa iniciativa sem precedentes - pelo menos nestes moldes a nível nacional -, ao mesmo tempo que colaborava de modo a que a consciência cívica  da população internauta ficasse ao passo de um clique. 

Pode-se dizer que a iniciativa foi um sucesso em toda a linha, sendo a transmissão online com som e imagem uma mais valia a fazer a diferença e, embora sem se saber ainda qual o número de Viewers, não foi esse com certeza o nosso objectivo principal, valorizado pela forma como foram colocados alguns temas alternativos que tinham fugido a outros debates, a outras discussões. Assim, só no inicio da segunda parte do debate, os intervenientes candidatos a presidir os destinos da CMN, afloraram as grandes obras do costume, o que faz deste encontro de políticas e mentalidades algo um pouco diferente a bem do esclarecimento e da consciencialização sobre outros temas, sobre outras problemáticas que afectam a população da Nazaré.

Estão todos de parabéns, desde os participantes activos na biblioteca, aos participantes passivos que se deslocaram ao local e, práticamente, encheram o auditório deste novo espaço da nossa cultura.

 


comentar
gargolado por westnelson, em 05.10.09 às 15:54 link do gargol | | favorito

Nazaré - Autárquicas '09

 

Foi transmitida em directo via internet com som e imagem, no dia 05 de Outubro de 2009 a primeira blogo-conferência na Nazaré, tendo como tema as autárquicas '09. Entretanto, o espaço online, neste blog, onde foi feita a transmissão foi retirado pelos motivos óbvios e, depois de editado pode ver aqui o vídeo com todo o conforto.

 


comentar
gargolado por westnelson, em 30.09.09 às 02:57 link do gargol | | favorito

Um grupo de bloggers da Nazaré promove, no próximo dia 5 de Outubro, a partir das 16 horas, um debate com os candidatos à Câmara Municipal da Nazaré. A blogo-conferência decorre na Biblioteca Municipal, tem já vários bloggers inscritos, conta com o apoio do programa "NazaréFM Online" da Rádio Nazaré, e terá transmissão online.

Apareçam, estão todos convidados para de uma forma informal abordarmos temas e problemáticas do nosso concelho.

A comunidade internauta, pode participar deixando algumas questões, a serem feitas no evento pelo moderador, aos  candidatos cabeça de lista à Câmara Municipal.

O url do blog oficial do evento é http://blogconfnazare.blogs.sapo.pt e a caixa de correio para as últimas inscrições de blogs é em blogconf.nazaré@sapo.pt .

 


comentar
gargolado por westnelson, em 21.09.09 às 02:18 link do gargol | | favorito

As terceiras jornadas sobre o tema Património Cultural da Nazaré organizado por um grupo independente de cidadania e moderado por Pedro Gomes Barbosa, docente na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa e por João Inês Vaz, professor na Universidade Católica de Viseu, onde esteve presente a maioria dos candidatos à CMN e alguns representantes mas também candidatos nas respectivas listas, a saber: António José Peixe (BE); João Delgado (CDU); António Trindade (PS); Jorge Barroso (PSD); Paulo Marques (CDS); tendo faltado o candidato ou alguém em sua representação do Movimento Obviamente Nazaré; decorreu sob o signo de, e mais não foi que, uma conversa de [quase] surdos. Tudo porque numa sala de um famoso restaurante Nazareno, não estavam mais de cinquenta pessoas, tendo sensivelmente decrescido para quarenta a meio da sessão e terminado com, não mais de, trinta e cinco pessoas. Dessas cinquenta pessoas interessadas e já a contar com os intervenientes directos no debate e com os dois moderadores, quase um terço era de fora da Nazaré (não votantes) e os outros quase dois terços, praticamente, todos tinham o seu voto definido, ou seja, eram apoiantes efectivos de determinada força política ou fazem parte das listas elaboradas para sufrágio no próximo dia 11 de Outubro. Desta estatística, feita de modo empírico mas consciente, posso dizer que podíamos excluir meia-dúzia de pessoas das quais não se sabe ao certo quem apoiam. Era essa meia-dúzia de eleitores que os candidatos teriam de mostrar algo e convencer, embora não sendo esse o principal objecto do debate (?). Os outros há muito que estão convencidos na vitória que os levarão ao poder autárquico, assembleia municipal e juntas de freguesia. Notou-se ainda que há uma falta de sensibilidade tremenda por parte daqueles que deveriam ter lotado a sala do restaurante e que não apareceram. Só praticamente os cabeças de lista à CMN e lugares imediatos apareceram, tirando um ou outro candidato à Assembleia Municipal... uma vergonha. Dá ideia que as listas são feitas para encher e serem aceites pelo tribunal, nada mais. Então onde estavam aqueles nomes todos que vêm nas listas apresentadas pelas candidaturas às diversas assembleias para o concelho da Nazaré; ficaram em casa a fazer campanha eleitoral para a família mais chegada, não foi? Pois, eu já tinha percebido que era isso. E foi isso que aconteceu também no debate da semana passada no auditório da Biblioteca Municipal, embora se tenha verificado menos a situação descrita. É uma pena que assim seja. Tenho pena pelas juntas do concelho, tenho pena pela assembleia municipal… tenho pena pela Nazaré. Se fosse uma reunião para eleger os Reis de Carnaval tenho impressão que tínhamos lá a “praia” (também o “Site” e a “Padarnera”) em peso.

Mais uma vez se discutiu muito as ideias, que as há, e isso não podemos negar, mas, em relação à maioria delas pagava para ver a sua exequibilidade. Era bom sim senhor que os políticos da terra conseguissem levar avante todas aquelas ideias, pelo menos aquelas em que não houvesse contradição, e neste aspecto foram muitas as propostas que se opunham, dependendo do quadrante político que as apresentava. Há ideias que se podem aproveitar e conjugar independentemente da força que as apresenta. Já outras, e dependendo do tema em observação, contradiziam-se claramente, mesmo dentro de um partido e até do ponto de vista político – Incrível!

Na última hora de debate, já com os participantes e observadores a poderem entrar em diálogo directo, as coisas aqueceram, com os candidatos a fazerem mais campanha que a responderem às perguntas. Uma intervenção levou mesmo a sala a levantar fervura roçando a má educação por parte de um individuo que nem sequer lá deveria ter colocado os pés, quanto mais ter tido a oportunidade de falar. Quando se ataca alguém, há que fazê-lo com elevação e depois saber ouvir também a defesa de quem se atacou de uma forma descabida e não sair da sala gesticulando e falando aquilo que não devia nem podia. Não daquela forma. Foi a nota zero do debate já que outras notas negativas foram atribuídas, nomeadamente para aqueles que, devendo, não apareceram em apoio dos seus principais candidatos, e também eles candidatos sem sentido social e até cultural, já que de cultura (patrimonial) se tratava.

 


comentar
gargolado por westnelson, em 15.09.09 às 04:54 link do gargol | | favorito

 

O debate organizado pelo jornal "Região de Leiria" no auditório da Biblioteca Municipal da Nazaré entre os vários candidatos à Câmara Municipal, pelo menos, serviu para se começar a perceber efectivamente "quem é quem" e o que fazem ali. Ideologias políticas à parte, porque para aqui não são chamadas, deu para ver muito bem quem são aqueles que têm os pés bem assentes na terra.

O debate decorreu num ambiente bastante quente (ainda o problema do ar condicionado na biblioteca) com os candidatos a esgrimirem ideias e opiniões muito em volta das grandes obras: Marina, campos de golfe, Área de localização empresarial do Valado (ALE), teleférico, etc...

Poucos foram os que tentaram fugir a estas temáticas centrais do debate aflorando alguns pontos sobre as necessidades básicas, que ainda existem no concelho, isto, apesar do primeiro lugar atribuído num estudo sobre qual o melhor concelho da região para se viver. [seguir o link até à pág. 8 do pdf]

É com este tipo de iniciativas que,  pelo menos, se ajudam as pessoas a decidir sobre aquele que será o seu voto consciente e baseado em ideias, convicções e, ainda melhor, em função da capacidade e da predisposição que cada candidato apresenta. E, será por aqui que as coisas irão começar a tomar um rumo, já que, ideias espectáveis todos têm, já quanto à sua exequibilidade, outro galo canta.

 


comentar
gargolado por westnelson, em 12.09.09 às 10:36 link do gargol | | favorito

Na passada quarta-feira, 9 de Setembro de 2009, foi a vez da entrevista aos candidatos cabeça de lista às autárquicas 2009 pelo PSD à Câmara Municipal da Nazaré. O Engº Jorge Barroso e José Jordão respondem  na Nazaré fm "Especial Autarquias" às questões formuladas pelo jornalista Artur Ledesma, num programa da responsabilidade do departamento de informação da Rádio Nazaré.

 


comentar
gargolado por westnelson, em 16.08.09 às 02:51 link do gargol | | favorito

Análise dos primeiros cem votos online

 

Tendo em conta a pequena amostragem dos primeiros 100 votos online a partir deste blog, com todas as condicionantes que uma amostragem destas possa ter, e são muitas, não quero deixar de apontar aquilo que todos já sabíamos antecipadamente:

 

O CDS neste momento na Nazaré é uma força política praticamente inexistente; vai haver uma luta de segundo plano, apesar de tudo, importante, pelo campeonato dos segundos entre a CDU e o BE; Para tomar as rédeas dos destinos da autarquia vai ser uma luta renhida e interessantíssima entre o PSD, há 16 anos no poder local Nazareno, e o PS lider da oposição.

 

É a sondagem possível, isto, apesar daqueles que logo vieram a terreiro em blogs da Nazaré puramente políticos e em comentários anónimos, dizer mal e criticar pelo facto de decorrer este tipo de sondagem. Se calhar não está a correr como o pretendido. Todos sabemos que este tipo de sondagem não é o mais credivel, mas sempre nos poderá dar uma indicação, por mínima que seja, sobre aquilo que nos espera. Ao contrário daqueles a que me refiro neste post, isto é um pequeno esforço da parte de um blogger que, pelo menos, tenta contribuir com algo, nem que seja com este tipo de iniciativas que em nada prejudica quem quer que seja, pelo contrário.

 


comentar
gargolado por westnelson, em 12.08.09 às 16:45 link do gargol | | favorito

Sobre as intenções equitativas da ERC e só para compensar uma crónica de um candidato que antes de o ser já era cronista, os jornais, nesse enquadramento, teriam de ceder muitas páginas, mas mesmo muitas, a outros cronistas, essas sim de propaganda eleitoral, a nomes que de outra forma jamais seriam contratados pelas publicações. Inversamente, a ERC, também recomenda, em nome da liberdade de expressão, do pluralismo e da inteligência, que, os cronistas habituais de uma publicação que venham a ser candidatos a qualquer cargo nos próximos actos eleitorais, deixem de escrever as suas crónicas de opinião caso o jornal em que escrevam não contrate cronistas das outras forças políticas.

Ninguém vai obedecer a tal hipocrisia, ou será que vai aparecer por aí alguma publicação com tanto medo, a ponto de cumprir com tal directiva idiota? Tendo em conta os próprios princípios apresentados pela ERC - Liberdade de expressão, pluralismo e inteligência, diga-se que, além de caricato é muito pouco inteligente.

Um jornal não é um blog e um blog, no caso do Gargol, não tem a pretensão de ser um jornal e nem a ERC é para aqui chamada. São realidades diferentes e tentar fazer aqui uma aproximação será sempre, do meu ponto de vista, um erro, tendo em conta aquilo que é um verdadeiro blog.
Não tendo nada a ver uma coisa com a outra, mesmo assim, logo em Janeiro do corrente ano e meses seguintes, tentei ter alguém que enquadrasse as várias forças políticas a escrever no Gargol. Tal não foi possível e, até agora, que eu saiba, só um candidato, neste caso à assembleia municipal da Nazaré, aceitou aqui escrever muito recentemente. Claro que isto não foi de propósito. Alguns convites foram enviados, tendo os mesmos sido ignorados, classificados como spam, ou simplesmente nem chegaram ao destino. Na verdade, até acertei em alguns nomes que vieram a revelar-se candidatos, outros nem por isso, além de não saber todos os endereços de e-mail dos "candidatos a candidatos", também não conhecia todos os que, mais tarde, se perfilaram para candidatos às autárquicas 2009. Assim, “mais vale ter um pássaro na mão, do que dois a voar!”

 


comentar
gargolado por westnelson, em 07.08.09 às 20:24 link do gargol | | favorito

Durante as “Conversas de Café com Vítor Esgaio”, como vem escrito no blog da candidatura socialista às autárquicas, alguns autóctones de Valado dos Frades e dos Rapososexigem” a construção de Unidades Hoteleiras nas respectivas localidades...!

 


comentar
gargolado por westnelson, em 03.08.09 às 00:53 link do gargol | | favorito

Alguns já andam a pensar em encomendar um Cão-de-água Português para a Nazaré. Mas será que vai mesmo ser preciso arranjar um exemplar daquele residente da Casa Branca? Na devida altura, a ver vamos da necessidade de tal encomenda...!

Enquanto isso, sempre vamos podendo votar na barra lateral deste blog para ter uma percepção mais nítida, ou não, das coisas.

 


comentar
gargolado por westnelson, em 29.07.09 às 01:47 link do gargol | | favorito

O vale tudo na “luta política”, ou não se chamasse assim, especialmente em tempo de pré campanha eleitoral, tanto para autárquicas como para as legislativas, faz-se sentir ao mais alto nível. Até aqui nada de novo. Se em plena pré campanha autárquica nazarena vale tudo, desde trocas a baldrocas, onde as ideias, a filosofia política e a linha de pensamento idealista é subvalorizado em detrimento do lugar elegível, seja em que lista for, ou seja, do “TACHO” e/ou da vingança política; Já a nível nacional, para as legislativas, a guerra entre os bloquistas [Louçã] e o secretário-geral do PS [Sócrates], resvala sobre a couraça da indiferença da antiga deputada e dirigente bloquista, Joana Amaral Dias, que entretanto se ausentou do país. Era importante esta senhora vir a público dizer se realmente foi ou não convidada, para fazer parte da lista do PS às legislativas por Coimbra, onde foi sugerido ainda a presidência do IDT – Instituto da droga e da toxicodependência ou um lugar no governo. Devia de o fazer com toda a clareza e dizer quem é o mentiroso, se o primeiríssimo Sócrates, se Louçã, logo, ela própria. Caso tenha sido esta última situação a ter acontecido, qual o objectivo de colocar aqueles dois políticos num frente a frente mentiroso, sem conteúdo palpável e útil para a sociedade e para a política Portuguesa onde todos ralham, mas, “todos” teriam razão?
A haver aqui um mentiroso só poderá ser ou José Sócrates ou Joana Amaral Dias. Para acusar-se Louçã de estar a mentir, e não o estou a ver inventar seja o que for, pelo menos desta natureza, primeiro teria de se chamar mentirosa e alcoviteira a Joana Amaral Dias.

 


comentar
gargolado por westnelson, em 22.07.09 às 09:43 link do gargol | | favorito

Fábio Salgado e António José Peixe, candidatos pelo Bloco de Esquerda à Assembleia Municipal e à Câmara Municipal da Nazaré, respectivamente, foram entrevistados na Quarta-feira passada pelo Jornalista Artur Ledesma no programa “Especial Autarquias” na Rádio Nazaré.

[...] enquanto o problema do trânsito e do estacionamento não for resolvido a Nazaré não avança [...] este é o problema número um [...]

[...] a Câmara da Nazaré tem sido governada desde 75/76 sem um projecto de futuro [...] dá ideia que se decide em cima do joelho [...]

[...] confundem projectos com intenções [...] apresentam as coisas como projectos, quando não passam de intenções [...]


António José Peixe in Rádio Nazaré no “Especial Autarquias”

 

 


comentar
gargolado por opapasoueu, em 17.07.09 às 16:22 link do gargol | | favorito

Estreio-me, finalmente, no Gargol. Agradeço o convite. Agora toca a discutir que há tanta coisa para decidi!

1. Em altura de balanços parece que o único balanço é em movimento, tipo baloiço! António Trindade e António Salvador, ambos dependentes (ou seja, ex-independentes), foram os únicos, comigo, a responder ao Tinta Fresca para fazer balanço do mandato autárquico. É triste a mesquinhez de Salvador contando os pormenores de um caminho atribulado e contando as birras e zangas de coleguinhas. Enquanto que política, nada!

 

Também Trindade apresenta o seu (fraco) programa eleitoral, mas não explica o que aprovou ou não. É como se ele e o seu programa fossem um só, tenham ou não executabilidade. Eu fiz um balanço mas talvez devesse ter entrado naqueles caminhos estranhos que não interessam a ninguém, estava distraído.

 

2. Reinaldo Silva é a nova estrela do concelho. Após os tais 14 anos a apajar Jorge Barroso e a servir de suporte PSD ao independente, candidata-se pelo CDS. O importante aqui não é o facto de se candidatar no partido cristão mas tentar desligar-se de quaisquer responsabilidades no estado do município. Até se tenta desligar também da perpetuação do PSD no poder, mas tem muitas muitas culpas que a malta não se esquece.

 

3. Vêm aí mais tentativas de parcerias público-privadas. Constantemente se tenta diminuir a clareza das coisas, dos poderes e das escolhas. Se alguma coisa correr mal é da crise, já sabemos.

 

4. Agora é o Região de Cister que me desilude. Decide não publicar mais "textos de opinião com origem partidária em virtude de não ter condições para os editar. Por um lado, porque de alguns partidos se não conseguem e por outro, porque o seu teor estava a assumir, por vezes, uma forma e dimensão contrárias à linha editorial deste jornal que privilegia o equilíbrio, o rigor, a independência e a isenção." Sr. Director José Ribeiro Vieira, queria independência e isenção em artigos de análise política? Como funciona isso? E como pode o jornal dizer-se ou querer-se isento com decisões destas?

Parece-me que o artigo do Emanuel Tomaz ofendeu espíritos e agora paga o justo pelo pecador. Será que é isento decidir a menos de 3 meses (12 edições) que não há lugar a mais artigos? E fiquei a saber pelo editorial, mas isso é o menos. Será que amigos e amigas que não sejam do Bloco podem escrever sobre o Bloco? Qual é o critério? Só se escreve sobre Bola agora?

 

É-me muito confusa esta decisão. E comprova a necessidade cada vez maior que a Nazaré tem de ter um jornal próprio, notícias e opinião do concelho. Isto de dependermos dos pouquinhos meios de comunicação começa a ser demasiado triste.

 

5. Agenda: Francisco Louçã virá à Nazaré. Domingo, pelas 17h, junto ao antigo Hotel Dom Fuas para contactar com a população. Depois de um breve passeio, haverá um lanche-jantar na tasca Cova Funda, junto à Praça Sousa Oliveira, ainda com Francisco Louçã. Apareçam para a apresentação da Candidatura Autárquica à Câmara e Assembleia Municipais da Nazaré e Junta de Valado dos Frades.

 

Em estéreo com o Jeune Garde.


comentar
gargolado por westnelson, em 09.07.09 às 01:53 link do gargol | | favorito

Vítor Esgaio, cabeça de lista pelo PS às autárquicas 2009 foi entrevistado pelo jornalista Artur Ledesma na rádio Nazaré FM, especial autarquias, esta quarta-feira, 8 de Julho de 2009.

 

[...] uma das primeiras medidas que irei tomar como presidente da câmara é pedir uma auditoria financeira para conhecer o valor exacto do que está em dívida [...]

[...] a dívida existe sem obra feita [...]

 







Copyright Gargol 2013 | linhas mestras | gargol@sapo.pt

eXTReMe Tracker






Linhas mestras

gargol@sapo.pt
Julho 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

28
29
30
31


pesquisar no Gargol
 
.
mais comentados
gargoladas antigas