comentar
gargolado por westnelson, em 05.12.12 às 00:51 link do gargol | | favorito

Agora que entramos no último ano do arrais Eng. Jorge Barroso, pelo menos como tal, a luta para tomar de assalto os comandos da barca da autarquia para tentar salvar o que ainda dela resta, onde a madeira se encontra apodrecida e quase sem resistência à ondulação, assume verdadeiro sentido de oportunidade, querer e até de alguma loucura, tais são as dificuldades que se irão encontrar para levar a bom porto esta embarcação meio a flutuar, meio afundada.

Se de um lado as opções tomadas foram feitas dentro daquilo que era expectável seguindo as orientações estatutárias da casa mãe, sem atritos nem atribulações – uma limpeza –, já do outro lado está mais que visto que para alguns dos caciques da barca velha da autarquia, que lá vai navegando de esguelha e a meter água, convém que as coisas não se modifiquem muito nem saiam da rota daquilo que se vem observando, não digo há quase vinte anos porque, entretanto, as coisas, também, se foram modificando, mas de há uma dúzia de anos de anos a esta parte. Isso vê-se pelas escolhas já feitas e pelas que se irão fazer – está-se mesmo a ver quais são. Tirando os que, de livre vontade, já saltaram borda fora – e que agora vão ter de nadar para terra –, alguns dos outros que agora se vão perfilando para agarrar um remo da barca, também vão ter de saltar e irão ficar a boiar à espera que outra embarcação por ali passe, num “mar de ninguém”. Mesmo assim, não vai haver remos para todos os que lá ficarem, o que poderá trazer algumas divergências internas que, aliás, começaram logo no início do processo de escolha para o candidato a arrais daquela barca.

Os próximos tempos, segundo o WindGuru, prevêem-se de marés bastante mexidas - pelo menos pode ser bom para o Red Bull Mito - com a ondulação a danificar cada vez mais a velha barca de madeira apodrecida. Vai, com toda a certeza, meter mais água, mas "ninguém" está predisposto a agarrar o bartidor (vertedor), antes querem agarrar o leme ou um remo, e esquecem-se que, se não tirarem a água que teima em entrar pelas aberturas que deixam expostas as amuradas da embarcação, vão afundar antes de chegar a terra. Amen!

 

[post original]





Copyright Gargol 2013 | linhas mestras | gargol@sapo.pt

eXTReMe Tracker






Linhas mestras

gargol@sapo.pt
Dezembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
13
14

16
20
21
22

24
25
26
27
28
29

30
31


pesquisar no Gargol
 
.
gargoladas antigas