comentar
gargolado por Cigarra, em 13.09.10 às 01:08 link do gargol | | favorito

 

 

Na sequência de notícias vindas a público, dando conta de atrasos, nos vencimentos dos funcionários que trabalham nos quiosques do alojamento particular, a DdF, foi tentar saber junto destes, qual o ponto da situação:

 

DdF - Boa tarde, qual é o ponto da situação relativamente aos vossos vencimentos?

 

Funcionário - Iniciámos o nosso trabalho no dia 11 de Julho, e até ao dia 8 de Setembro ainda não nos tinham pago absolutamente nada. Felizmente no dia 9 de Setembro pagaram-nos um mês de ordenado. Esperamos que a breve prazo nos paguem o restante.

 

DdF - Foram-vos dadas razões para justificar este atraso?

 

Funcionário - Foram dadas várias, mas a principal foi que a C.M.N. não tinha pago o subsídio, que serve para pagar os nossos ordenados!

 

DdF - Qual é o vosso estado de espírito neste momento?

 

Funcionário - É de alguma revolta, pois passei um Verão inteiro a trabalhar e agora gostaria de receber!

Mas digo-lhe,  independentemente da resolução desta questão ou não, nunca mais me apanham aqui!

 

DdF - Porque diz isso? Só pelo atraso dos ordenados?

 

Funcionário - Para além desta questão, há também o facto de lá se deslocar muito pouca gente! Não se faz nada! Encaminhamos as pessoas para o turismo e quando temos alguém à procura de quarto, não temos preços para lhes dar, acabando por se irem embora chateados!

 

DdF - Já lhe aconteceu alguma situação caricata?

 

Funcionário - Ui, nem imagina o que nós passamos aqui, somos muitas vezes ofendidos por turistas e pelas próprias associadas, que nos vêm tirar satisfações, por alugarmos a casa da vizinha e não a dela.

 

A DdF conclui: o que poderia ter sido uma solução, tornou-se num problema, por falta de coragem política! Enquanto a "corretagem selvagem" for prática corrente, é dinheiro mandado fora!





Copyright Gargol 2013 | linhas mestras | gargol@sapo.pt

eXTReMe Tracker






Linhas mestras

gargol@sapo.pt
Setembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
14
16
17

19
20
21
22
23
25

26
27
28
29
30


pesquisar no Gargol
 
.
gargoladas antigas