comentar
gargolado por Guilhim, em 13.01.10 às 23:04 link do gargol | | favorito

Surpresa. Foi assim que fiquei com o convite para participar no Gargol: surpresa! Já seguia este blogue há algum tempo. Aliás, como a outros, de autores da Nazaré, para poder manter-me mais perto da minha Praia... Imagino que o “minha” já tenha feito torcer um ou outro nariz, “genuinamente nazareno"... É minha, porque faz parte da minha história, das minhas memórias, e não há sentir mais meu que esse!

Cresci entre a Nazaré (da minha mãe, dos meus avós, tios, primos e amigos) e Coimbra em partes iguais. O que não faz de mim menos paleca, bem sei! Mas gosto de (me enganar e) pensar que este ser de fora, até tem vantagens! É graças a esta minha (meia) condição, que consigo perceber de longe e de perto, o que há de bom e de mau na Nazaré e nos Nazarenos. Assim como quem aprecia uma pintura, ora mais próxima ora mais afastada, para ver os detalhes de pura beleza e as imperfeições, que não deixando de o ser, lhe dão personalidade. É esta perspectiva, que espero poder dar, e confesso, que gosto da sensação de ser mais uma bolhinha deste Gargol!

 

Agora, assim em jeito de “reforço de inverno”: prometo ser igual a mim mesma e dar 100% nos treinos!

 


westnelson a 13 de Janeiro de 2010 às 23:40
Uma boa prenda esta, para comemorar um ano de Gargol, a participação de mais uma Gargoladora, perdão... a participação da Pirata Guilhim. Força aí nas gargoladas.

CF a 14 de Janeiro de 2010 às 00:33
Bem-vinda! As duas metades.

barraca37 a 14 de Janeiro de 2010 às 10:32
Essa questão do seres ou não da Nazaré, neste caso, seres paleca ou não, são pura invenção de alguns dissidentes que não respeitaram as linhas m,estras deste blog. Para mim, quem bebe a "água da fontinha" passa, obrigatoriamente, a ser um filho da terra. E isto pode acontecer com qualquer um, até com um ermita que, se se desse ao trabalho de sair da toca e desse um saltinho até esta terra, certamente ficaria fã. Nesta terra cabem todos os espíritos e seres, todos os opinadores, donos ou não da verdade. Existem outros, por sinal, cuja dor de cotovelo os leva a transformar e a maldizer este simples blog como um antro de tertúlia exclusivamente nazarena que, de resto, não o é!

hermeneugticamente a 14 de Janeiro de 2010 às 11:42
Ui, numa sociedade matriarcal já estou a ver onde isto vai levar. Bem haja e bem vinda.

Guilhim a 14 de Janeiro de 2010 às 20:46
Obrigada pelas boas-vindas!

:D




Copyright Gargol 2013 | linhas mestras | gargol@sapo.pt

eXTReMe Tracker






Linhas mestras

gargol@sapo.pt
Janeiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
12
14
15

18
19
20
21
22
23

24
28
29

31


pesquisar no Gargol
 
.
gargoladas antigas