comentar
gargolado por westnelson, em 20.08.09 às 00:01 link do gargol | | favorito

Hoje [ontem] foi dia de cheques na marginal norte da Nazaré. Depois de cheia que nem um ovo, aquele estacionamento ainda leva umas largas dezenas de viaturas. Aquilo é que foi facturar. Todos os veículos ali estacionados estavam multados... e bem multados, diga-se. O problema é que só o fazem de vez em quando numa acção clara de caça à multa. Primeiro facilitam, facilitam, e, quando os automobilistas ganham confiança e até estam à-vontade... truzcatrapuztustus. Toma lá um cheque e não digas que vais daqui.

Devia haver ali um ou dois agentes em apoio e fiscalização permanente durante o Verão. Isso sim, isso era trabalhar em prol [do trânsito e do estacionamento] da Nazaré. Curiosamente, nas voltas que dei pela vila, e foram muitas, tanto de manhã como na parte da tarde, não vi um único agente. Deve ter sido mesmo uma acção relâmpago para ver se ninguém fugia sem o respectivo cheque. Assim vamos longe na engorda do orçamento.

 


westnelson a 21 de Agosto de 2009 às 01:02
Hoje, um dia depois, foi dia de cheques, só que desta vez à noite. Já depois das 23h30 um dos CI passava uns chequitos marginal a eito, enquanto outros dois lhe guardabam as costas. Como podia serem poucos, apareceu uma viatura da PSP com mais dois agentes de primeira para guardarem as costas dos outros dois... Quatro a observar e um a servir de escriturário. Quando são chanados para os problemas, não há carro, não há guarda costas, não há nada... escriturário só na esquadra. Uma palavra de apreço... Foda-se!

catespero a 23 de Agosto de 2009 às 15:38

Aqui na Nazaré não são precisos agentes da PSP pois o Jorge Barroso axa que o transito está ordenado e corre sobre rodas quadradas. Por estas e outras é que a Nazaré está assim...




Copyright Gargol 2013 | linhas mestras | gargol@sapo.pt

eXTReMe Tracker






Linhas mestras

gargol@sapo.pt
Agosto 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11

18
22

23
24
26
27
28
29

30
31


pesquisar no Gargol
 
.
gargoladas antigas