comentar
gargolado por barraca37, em 19.08.09 às 12:12 link do gargol | | favorito

Por não estar muito tempo na Nazaré, costumo navegar na web sempre à procura de notícias da terra, seja porque gosto de me manter actualizado ou porque, simplesmente, gosto de ler.

Hoje, entrei no site da Junta de Freguesia da Nazaré e deparei-me com uma notícia sobre o evento musical "nazamexe 2009". O evento até já passou, mas o que me espantou foi o facto de o responsável de comunicação pelo site da Junta nazarena nem sequer se ter dado ao trabalho e cuidado de editar a notícia, uma vez que é um Copy-Paste integrar do meu post, no meu blog pessoal. Ao ler o texto esperei sempre que alguma letra, pelo menos, tivesse sido modificada, para que o apelidado plágio, não fosse integral, mas, para maior surpresa ainda, até os links associados ao texto mantinham o seu destino…

Deixo-vos um desafio: descubram as diferenças.

Deixo-vos a dúvida: estará a Junta de Freguesia com falta de "empregados" que é obrigada a ir "roubar" notícias integrais a outros sites ou blogs? É que editar uma notícia nem é assim tão complicado!

 

 

mais em barraca37

 

 


gargoladela Anónima a 19 de Agosto de 2009 às 18:44
E na fazêms tods iss migue?
http://dimensaovariavel.blogspot.com/2009/07/nazamexe-2009.html

barraca37 a 20 de Agosto de 2009 às 10:01
Sim, até podemos fazer, mas apenas quando existe autorização para tal, que foi o que fiz junto da Dimensão Variável e que, acredite, nem seria necessário! A mim, tal como ao autor da Dimensão Variável, ninguém da Junta de Freguesia terá pedido essa autorização.
Ainda assim, como deve ter reparado, caro anónimo, quando escrevo "molho" queria dizer "molhe", situação que só agora dei conta. Pelo que o Copy-Paste foi feito do meu blog e não do do CF.

Mas isso também é "cagativo". Já passou! Não vale a pena alimentar "merdinhas" não é?! A não ser que não tenha mais nada que fazer!

westnelson a 19 de Agosto de 2009 às 23:25
Infelizmente vivemos numa sociedade onde a regra do menor esforço prevalece, onde o copy-past impera, onde o trabalho dos outros serve perfeitamente para que alguém se evidencie. Assim, os parasitas da sociedade vão vivendo à custa do trabalho dos outros e isso também é válido nas instituições, porque estas são servidas por pessoas onde os escrupulos são o que menos importa quando chega a altura de mostrar o esforço dispendido e o trabalho conseguido. Viva o Copy-Past, os outros que se lixem.

Annusca a 20 de Agosto de 2009 às 10:29

O modo depreciativo que é utilizado na digna frase deixada pela “Anónima” reflecte, infelizmente, a importância reduzida que é dada a coisas sérias… É cada vez mais evidente a falta de valores e respeito pelos outros e é com estes desabafos nada construtivos que hoje em dia somos obrigados a lidar.


Quem teve o trabalho, a imaginação e o prazer de fazer aquele post , não andou contigo na escola “miga”!!!


Mastic a 23 de Agosto de 2009 às 01:21
Já não tou a perceber nada disto, mas copiaram do teu blogue ou do D.V .??
E se estão a promover um evento não é salotar?? Eu ficaria agradecido...

 




Copyright Gargol 2013 | linhas mestras | gargol@sapo.pt

eXTReMe Tracker






Linhas mestras

gargol@sapo.pt
Agosto 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
11

18
22

23
24
26
27
28
29

30
31


pesquisar no Gargol
 
.
gargoladas antigas