comentar
gargolado por westnelson, em 18.07.09 às 02:17 link do gargol | | favorito

A propósito daquilo que o Ricardo Caneco disse no seu primeiro post no Gargol, sobre o blog ser “quase uma tertúlia bloguística dos bloggers Nazarenos”, tenho a dizer que, bem queria que assim fosse, que apresentassem vários pontos de vista sobre os mais variados assuntos, que houvesse uma discussão aberta e salutar, tanto nos posts, como nos comentários [ver linhas mestras], mas, parece-me que ainda estamos um pouco longe disso acontecer, embora tenhamos ficado mais perto da tal tertúlia bloguística com mais dois novos Gargoladores, o que me deixa muito satisfeito: O próprio Ricardo Caneco, o Sitêre que assina “besax”; e "opapasoueu", que como já todos viram, basta estar com um pouco de atenção ao post e ao “estéreo” do mesmo, é o Fábio Salgado. Deixem-me que diga assim – um músico e um político de uma assentada só – Boa!
Só espero que o vosso contributo, apesar de terem os vossos blogs, seja o mais assíduo possível, tanto como aquele que eu vou, de uma maneira ou de outra, conseguindo dar no "Gargol – o blog da Nazaré", apesar de também ter o meu blog e, como toda a gente, a nossa vida particular com tudo o que isso acarreta.

Mas, como conseguir ter uma espécie de tertúlia online, por intermédio de um blog se há pessoas a julgarem que um blog conjunto é só para um grupo de amigos que pensam todos da mesma maneira e que escrevem posts e comentários apenas com o intuito de darem umas palmadinhas nas costas uns dos outros, enfim, para poderem trocar galhardetes? Nada mais errado. Um blog com estas características tem, e deve ter, não o sendo obrigatório, como é evidente, vários pontos de vista sobre os mais variados temas, sejam eles referentes à Nazaré ou não, sejam eles de que natureza for.
Certa ocasião, alguém a quem tinha endereçado o convite para escrever no Gargol, rejeitou com a desculpa de que não podia estar num espaço, apesar de virtual, onde estava um outro blogger de que não gostava e de que sentia alguma repugnância. Uma vez que não tinha blog ou página pessoal online, era aqui o local certo para com sabedoria e inteligência contrapor ideias e sobrevalorizar a sua sabedoria perante outras pontos de vista. Não aceitou, logo, ficou a perder a oportunidade de lutar pelo seu ponto de vista de forma clara e inequívoca.
Os equívocos vão acontecendo, mas o Gargol há-de aguentar-se à brava, nem que seja apenas com um blogger! Para já somos poucos, queria que fossemos mais, mas somos bons. Vem esta frase mesmo a jeito do que se passa hoje na blogosfera Nazarena – “Já que ninguém nos gaba, gabemos a gente a gente!” [verso de uma marcha de Carnaval dos Calhalharras]

 





Copyright Gargol 2013 | linhas mestras | gargol@sapo.pt

eXTReMe Tracker






Linhas mestras

gargol@sapo.pt
Julho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10

12
13
14

19
20
23
24
25

26
27
30


pesquisar no Gargol
 
.
gargoladas antigas