comentar
gargolado por westnelson, em 29.08.13 às 01:25 link do gargol | | favorito

Desde o dia 21 de Agosto que é proibido pela Comissão Nacional de Eleições (CNE) fazer qualquer tipo de campanha eleitoral através de telefone (p.ex. SMS) ou por e-mail. O que é certo é que quase todos os dias recebemos e-mail's, pelo menos por parte de uma das candidaturas às autárquicas de 29 de Setembro. A esses movimentos não bastaram já terem açambarcado os jornais da região e não largarem o facebook com gostos a tudo e a todos (onde até falsos perfis usam para chegarem onde de outra forma não conseguiam...!), que ainda se sentem no direito de enviar para o nosso mail propaganda eleitoral - que deve ser fornecida, para nossa informação, ou não, mas pelos meios e canais previstos pela lei. Assim, e caso não saibam, está aqui a notícia e está aqui o site e deixem de se armar em Chicos espertos.


comentar
gargolado por westnelson, em 26.08.13 às 18:41 link do gargol | | favorito

O que é ter mais ou menos capacidade para os órgãos de uma freguesia rural como Famalicão? Será uma cultura de letrados, diplomados e outros dados que, para o caso, não importa ou talvez sim, mas não vou por aí; ou uma cultura de valores baseados numa sabedoria rural, muito própria, transmitida de geração em geração que sabia viver ao ritmo das estações do ano, com uma experiência de colaboração colectiva e solidária? Será que esta cultura, este conhecimento não vale mais nada e continua desrespeitada como no tempo de Salazar continuou e, pelos vistos, continua? Quem melhor entende as gentes da terra, as suas necessidades? Quem melhor conhece as associações agrícolas na sua terra? Quem conhece cada esquina, cada árvore, cada fontanário e tantos trilhos percorridos, muitos deles hoje comidos por silvas e caniços, onde uma infinidade de memórias estão depositadas? Quem tem capacidade para entender e poder gerir melhor, em equipa, que, por acaso também é letrada e bebeu desta cultura, e com mais eficácia de actuação? Continuamos na mesma senda do passado? Não aprendemos nada com a história? Ou não se sabe como foi, como era? Se não se sabe como foi, não se pode contribuir para a construção dum futuro melhor se desligado do passado, tal como os fios, se se cortam não temos luz. Os capazes são os PPD/PSD’s que deixaram esta freguesia tão dispersa ao abandono?

 

Este post foi escrito por Rosa Varela originalmente para o facebook.


comentar
gargolado por westnelson, em 24.08.13 às 22:43 link do gargol | | favorito

Se não for desta que a população Nazarena tire a venda dos olhos, não sei quando mais o poderá fazer. Trata-se de uma oportunidade única.
Com tanta miséria feita nos últimos anos pelos executivos do PSD, e com a ajuda dos seus jogos políticos e subterfúgios politiqueiros, ou seja, a politiquice do costume, não sei mesmo se alguma vez mais a população Nazarena vai ter a oportunidade de dar a volta por cima com uma equipa capaz, com vontade e com projectos já no activo para tirar a Nazaré do marasmo económico e social a que está votada pelos caciques do costume.

 




comentar
gargolado por westnelson, em 22.08.13 às 16:29 link do gargol | | favorito

Ó meu Deus, quanta esquizofrenia política. Já se esqueceram daquilo que recentemente fizeram e deram cobro. Não é por se estar contra, agora, ou através de jogos de contorcionismo vertebral, que se branqueou o mal feito anteriormente. Mal seria e curta seria, também, a memória das pessoas.
Quanto a isto, ao que parece, vão todos "All In" mesmo sem jogo, com blufs, e até com entradas tardias em jogo...


comentar
gargolado por westnelson, em 22.08.13 às 14:59 link do gargol | | favorito

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Um dos principais papeis de um presidente de Câmara é criar condições para que haja investimento no concelho a que preside, coisa que Walter Chicharro, enquanto candidato a presidente pelo PS à câmara da Nazaré, vem fazendo há meses a esta parte, preparando o terreno para uma política diferente e de prosperidade, coisa que não se viu em tempo algum no actual presidente enquanto tal, nem nos anteriores executivos a que Jorge Barroso tem vindo a presidir deixando este município num estado tal de calamidade que dá dó. O que me faz mais impressão é que, em vez de saírem de fininho, sem dar muito nas vistas, ainda se candidatam a outros cargos. É a isto que eu chamo ter muita lata, ou então há muita coisa ainda por esconder. Eu acredito neste projecto, um projecto para todos, uma oportunidade que se tem de agarrar com as duas mãos. É o tempo das decisões e de ver que de lado está o que realmente interessa.


comentar
gargolado por westnelson, em 16.08.13 às 18:47 link do gargol | | favorito

A verdade é que um dos candidatos à C.M. da Nazaré, que é tudo menos independente, anda a dizer a alguns militantes do PS que se não tiverem as cotas em dia, por serem militantes, não poderão votar PS nas autárquicas de 29 de Setembro ou o voto, se o fizerem, será considerado nulo. Isto é sacanice, jogo sujo e, acima de tudo, desespero.

Para completar o ramalhete, quando pressionado por elementos que o secundam na lista à CMN para assumir publicamente que não vai aceitar pelouros de ninguém, apenas responde que, não pode fazer isso porque precisa do dinheiro! A que pontos chegámos!?

A idiotice vem sempre acompanhada de muita lata!


comentar
gargolado por westnelson, em 10.08.13 às 16:20 link do gargol | | favorito



No império das aves raras
Quem não tem penas é Rei
Entre pegas e araras
Os patos bravos são Lei.



A terra dos patos bravos
Parece mais um vespeiro
Andam todos à bicada
Para chegar ao poleiro.

[Refrão]
Por sobre a terra
Por sobre o mar
O Grande Irmão zela por nós
A sua sombra
É protectora
Já vem dos egrégios avós.



Na terra dos papagaios
Quem não tem poleiro é pato
Andam todos à bicada
Só para ficar no retrato.



No reino das trepadoras
O papagaio é senhor
Mesmo até sem saber ler
Qualquer papagaio é doutor.


[Refrão] 

 

Voar mais alto que os outros
Esse era o sonho do galo
Roubar as asas ao Pégaso
E voar como um cavalo.



Mas o galo de ser galo
É ter o chão junto à barriga
Para chegar ao poleiro
Tem que usar de muita intriga.

 

[Refrão]

No reino dos voadores
Impera a grande anarquia
e a barata voadora
já tem lugar de chefia.



A passarada oprimida
só deseja que isto mude
Mas as aves de rapina
Cada vez têm mais saúde.

 

[Refrão]

As forças em parada desfilam junto à tribuna de honra, que é composta por 50 poleiros onde estão pousados os representantes das principais espécies ornitológicas, democraticamente nomeados pelo Marechal Avejão. Desfilam, neste momento, o Esquadrão Falcão e o Esquadrão Abutre, garantes da Paz, da Ordem, da Segurança e da Liberdade. À sua passagem, o Marechal Avejão ergue-se do seu poleiro e, estendendo a sua asa direita, saúda as tropas em sinal de respeito e gratidão.




Copyright Gargol 2013 | linhas mestras | gargol@sapo.pt

eXTReMe Tracker






Linhas mestras

gargol@sapo.pt
Agosto 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
12
13
14
15
17

18
19
20
21
23

25
27
28
30
31


pesquisar no Gargol
 
subscrever feeds
.
gargoladas antigas