comentar
gargolado por westnelson, em 06.05.09 às 05:06 link do gargol | | favorito

Numa altura em que a política domina a cena nacional e os políticos anunciam as verdades dos factos, as suas verdades, as verdades de cada um. E, há imensas! Tantas são as verdades que ficamos sem saber onde estão as mentiras. A questão que aqui se impõe é saber inverter as ideias e, assim, descobrir, no meio de tantas verdades mentirosas, as verdadeiras verdades. Pessoalmente, poucas ou nenhumas foram as vezes que ouvi um político dizer que errou ou que se arrependeu duma decisão menos correcta, ou mesmo dar razão a um colega duma bancada que não a sua. Pelo contrário. Mas não, os políticos têm sempre razão, a sua razão, logo há imensas razões. Mas que mal tem reconhecer um erro e até dar razão ao adversário político sempre que for caso disso? Só dignificaria quem o conseguisse fazer, a política no geral e, quem sairia sempre a ganhar, por inerência desses actos nobres, eram as populações, o país.

Senhores políticos tenham vergonha, reconheçam quando erram e verão que quando tiverem razão, a verdadeira razão, terão muito mais força para a defender e serão levados em conta. É tudo uma questão de atitude, de coerência e de respeito por vós próprios.





Copyright Gargol 2013 | linhas mestras | gargol@sapo.pt

eXTReMe Tracker






Linhas mestras

gargol@sapo.pt
Maio 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
13
14
16

17
18
19
20
22

25
26
28
29
30



pesquisar no Gargol
 
.
gargoladas antigas