comentar
gargolado por westnelson, em 24.04.09 às 03:19 link do gargol | | favorito

Quem terá sido o génio iluminado por Deus para fazer de um cruzamento um monumento à idiotice?! Uma obra de engenharia que devia constar nos manuais do IMTT mas, pela negativa.

O único sinal vertical de indicação de STOP é a cerca de 70 metros e com visibilidade reduzida, sendo que, o único STOP efectivo, mesmo em cima do cruzamento, é a inscrição no pavimento no local. Está bem que, mesmo sem o STOP, teríamos de parar para cumprir a lei da prioridade mas, desde sempre que a sinalização era a contrária da que agora está estabelecida. Nem sequer era preciso colocar o aviso de nova sinalização como fazem noutros países (e cá não o fizeram), bastava um sinal de STOP como deve de ser, bem visível e pronto – O quê… não há lugar? “Pinduren-no!”.

Mas, a questão que se deve colocar não é essa, antes, porquê a mudança do STOP de uma via para a outra. Para evitar que a fila de carros ao Domingo à tarde não compacte na Av. Vieira Guimarães? Bolas. Podiam ter feito muito melhor!

Para quem parar, e é mesmo obrigatório parar por ser um STOP, atrás da linha no pavimento, já de si uma aberração completa por ser uma linha curva – era a única maneira para que as viaturas pesadas conseguissem passar – não pode ver se vem alguma viatura da direita, na faixa com prioridade. É uma missão impossível. É incompatível. Para tal teremos sempre de entrar no cruzamento e, quando temos a percepção se vem alguma viatura já lá estamos, dentro do cruzamento onde os outros agora têm prioridade.

 

Mas há sempre uma solução, ou melhor duas. E, como não há duas sem três, eis que, na verdade, há três soluções: 1ª Voltar a ser como era antes; 2ª Colocar uns semáforos de dupla funcionalidade, isto é, que funcionassem com um temporizador normal e um detector de velocidade; 3ª Fazer uma rotunda... sim uma rotunda, qual é o espanto?!

Visto estarmos tão perto das eleições e não haver, por incrível que pareça, uma obra pública que nos faça olhar, falar, e até concordar ou discordar, aqui fica a sugestão. Para isso, teria de se roubar ali um bocadinho à praia e até requalificar a marginal... mas não há  vontade para tal... ou será que há? Pode até nem ser viável. Enquanto isto assistimos a situações, por vezes, caricatas em pleno cruzamento de vias na marginal da Nazaré, peões à mistura, "pois  tá clarau!".

 

 

p.s.: Sugestão adicional (esta é de graça) – podiam aproveitar para fazer uma saída na rotunda directamente para a entrada do parque de estacionamento subterrâneo da marginal!

 





Copyright Gargol 2013 | linhas mestras | gargol@sapo.pt

eXTReMe Tracker






Linhas mestras

gargol@sapo.pt
Abril 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

12
15
16
17
18

19
20
21
23
25

26
28
29
30


pesquisar no Gargol
 
.
gargoladas antigas