comentar
gargolado por westnelson, em 22.04.09 às 10:30 link do gargol | | favorito

Outdoors e mais outdoors, umas vezes aos pares mais parecendo vidrões, outras isoladamente colocados em pontos estrategicamente visíveis o quanto baste para irritar quem por ali passa todos os dias! Gastam milhares de euros julgando influenciar a maneira de pensar dos eleitores através de tal forma arcaica de campanha. É ridículo chegarem ao ponto de fazer umas guerrinhas mesquinhas, entre eles, por haver um determinado partido a usar um sítio ilegal para afixação. Todos os sítios deviam ser proibidos para afixação de outdoors de cariz eleitoralista. Hoje, existem outras formas de fazer campanha, mais direccionada ao cidadão, potencial eleitor. Sim, potencial, porque todos o somos, embora não esteja fácil pôr, pelo menos, meio Portugal a votar já nas “primeiras” que se aproximam para a Europa. A abstenção vai ser grande, séria e quase absoluta. Não há volta a dar. A classe política está desacreditada na opinião pública e não são outdoors poluidores da paisagem, que vão fazer a nossa gente mudar de ideias. Além disso há mais em que pensar do que mandar para Bruxelas meia dúzia de indivíduos ganhar ordenados milionários com todas as despesas pagas enquanto o povo anda a chuchar no dedo.

A maioria dos políticos ainda não perceberam que é através da internet que se devem expandir para exprimir, divulgar as suas ideias, claro, além das tradicionais formas, como a exposição mediática em jornais, televisão, debates, comícios, etc... onde poderão falar de maneira mais directa para os eleitores. Os outdoors à beira da estrada são um verdadeiro atentado ao ambiente, quanto mais não fosse pela “forma” [como] e pelo “conteúdo” [mensagem]. Por favor acabem lá com essa treta que até faz mal e atrapalha a visão de quem conduz. Se ao menos lá estivessem umas caras bonitas...!

 





Copyright Gargol 2013 | linhas mestras | gargol@sapo.pt

eXTReMe Tracker






Linhas mestras

gargol@sapo.pt
Abril 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

12
15
16
17
18

19
20
21
23
25

26
28
29
30


pesquisar no Gargol
 
.
gargoladas antigas